Saúde e DDHH
06/07/2017
NOTA DE DIREÇÕES DE ESCOLAS ELEITAS SOBRE A VIOLÊNCIA QUE ATINGE A REDE PÚBLICA DE EDUCAÇÃO

Recebemos com profunda tristeza a notícia de uma aluna baleada dentro do Colégio Estadual Ricarda Leon, no Parque São Jose, na periferia de Belford Roxo.


Lamentamos o ocorrido e desde já nos colocamos à disposição para cobrir com nossa solidariedade a família


Como diretores de escola, gostaríamos de externar nossa preocupação e alertar sobre a barbárie a qual estamos submetidos diariamente. Todos os dias, milhares de estudantes e profissionais estão deixadas à própria sorte em escolas abandonadas com pouquíssimos funcionários de apoio, faltando principalmente porteiros, e sem o controle das pessoas que entram e saem das escolas.


Nas escolas localizadas em áreas ditas de risco, são as próprias “operações” da polícia no horário de aula que expõem a comunidade escolar ao risco de terem sua integridade física violada.


Queremos chamar atenção sobre os responsáveis por esse caos. O governo do Estado, em nome da crise econômica, deixou nossas escolas em situação de calamidade pública ao reduzir drasticamente o número de funcionários de apoio e terceirizados.


Fazemos um chamado ao bom senso sobre os riscos que as operações realizadas em horário escolar trazem.


Por fim, chamamos neste momento toda sociedade à defesa da escola pública e solidariedade com a família da aluna.


Assinam:


Andreia Queiroz - diretora do Colégio Estadual Clóvis Monteiro (Higienópolis)


Carla Musa - diretora eleita do Colégio Estadual Jornalista Maurício Azedo (Caju)


Fabio Barros - diretor do Colégio Amaro Cavalcanti (Largo do Machado)


Elizabeth Ramôa - diretora do Colégio André Maurois (Leblon)


Fátima Naame - diretora do Colégio Antonio Figueira de Almeida (Nilópolis)


Gilcelia Coelho - diretora do Colégio Estadual Pandiá Calogeras (São Goncalo)


Isabela Bellini - diretora do Colégio Hispano Brasileiro João Cabral de Melo (Meier)


Juliana Elianay - diretora do Colégio professora Vanilde Natalino Matos (Macaé)


Pedro Mara - diretor eleito do Ciep 210 (Belford Roxo)


Renato Padilha - diretor eleito do Instituto Carmela Dutra (Madureira)


Roberto Martins Alves - diretor do Colégio Vanilde Natalino Matos (Macaé)


Tatiana - diretora eleita do Colégio Sao Bernardo (Belford Roxo)


Viviane - diretora do Colégio Estadual Rubens Farrula (São Joao de Meriti)


Altair Mendes - diretor do Instituto de Educacao Rangel Pestana, Nova Iguaçu


Alexandre Batista - diretor do Instituto de Educação Prof Manuel Marinho, Volta Redonda


Ana Paula Raposo - Colégio Alfredo Balthazar da Silveira- Piabetá Magé.

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450