Saúde e DDHH
05/08/2010
Ciep Candeia: para o Sepe, apenas a reforma da escola não vai adiantar

A comunidade escolar do Ciep Municipal Antônio Candeia Filho, que fica em Acari e foi assaltado oito vezes nos últimos três meses, fez um ato público hoje pela manhã em frente à prefeitura do Rio, tendo sido em seguida recebida pela subsecretária de Educação, Helena Bolmery. Na reunião, os representantes da escola e diretores do Sepe reivindicaram que o Ciep não seja fechado. Bolmery afirmou aos representantes da escola que a escola será interditada para obras e reaberta, com a garantia da secretária de Educação, Claudia Costin, no dia 16 de agosto.

 

Os diretores do sindicato falaram à subsecretária que apenas a reforma não vai adiantar, pois o Ciep certamente será depredado novamente assim que reaberto. Para o sindicato, é fundamental a contratação imediata de porteiros e inspetores de alunos, além da presença de funcionários residentes, que morem no local, para impedir que os roubos e depredações aconteçam de novo. O Ciep Candeia já teve funcionários residentes que impediam o vandalismo, mas a casa do funcionário encontra-se completamente destruída.

 

Em relação aos alunos do Candeia, a subsecretária não garantiu que eles ficarão em salas normais e não improvisadas em outras escolas até o Ciep voltar a funcionar. Isso porque, como toda a rede está lotada, o mais provável é que os alunos do Ciep, cerca de 500, ficarão em salas improvisadas, como refeitórios ou até mesmo no pátio ou quadras. Este improviso é muito ruim para o aprendizado dos alunos, mesmo que num curto prazo.

 

A secretaria também não garantiu transporte para os alunos, já que em muitos casos as escolas onde eles ficarão até o dia 16 ficam distantes da comunidade do Candeia. Amanhã, às 8h, a comunidade do Ciep vai se reunir na escola para debater uma pauta de reivindicações a ser entregue à secretária Costin nesta sexta-feira mesmo.

 

A escola foi assaltada oito vezes nos últimos três meses (foram quatro assaltos num período de 15 dias). Os últimos dois assaltos ocorreram no final de semana e ontem de madrugada (dia 3/8), quando bandidos levaram alimentos destinados ao preparo da merenda escolar dos cerca de 500 alunos. No sábado, dia 7, o Sepe realiza assembleia, às 14h, no seu auditório, para discutir o problema da violência, entre outros temas.

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450