Saúde e DDHH
13/04/2018
Sepe teve reunião com subsecretária de Gestão de Pessoas da SEEDUC no dia 11/4
RELATÓRIO DA REUNIÃO DA DIREÇÃO DO SEPE-RJ COM A SUB-SECRETÁRIA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SEEDUC (CLAUDIA REYBOLT) – REALIZADA NO DIA 11 DE ABRIL DE 2018:
 
1- Campanha salarial - A SEEDUC informou que essa questão só pode ser tratada com o secretário de Educação e o executivo. Solicitamos que a Subsecretaria de Gestão formalize junto ao Chefe da pasta solicitação de Audiência com o SEPE/RJ. Importante lembrar que o SEPE/RJ tem solicitado audiência desde ao ano passado tanto ao Secretário de educação quanto ao Executivo. Para a SEEDUC tudo que vai gerar impacto financeiro sai desta esfera da SEEDUC e vai para SEFAZ, Casa Civil e PGE – A SEEDUC solicitou ao que envie e-mail para o Chefe da Casa Civil, Moneratt.
 
2- Enquadramento por Formação para funcionários - Cobramos mais uma vez o enquadramento por formação dos funcionários que tem formação em especialização, graduação, mestrado e doutorado. A Secretaria apresentará solicitação ao Secretário, mas acha que será difícil acontecer devido a crise do Estado. Argumentamos que é fundamental que esse direito seja reconhecido!
 
3- Enquadramento por Formação dos professores - A direção do SEPE/RJ questionou o fato da SEEDUC não ter pago o enquadramento por formação retroativo, garantindo os atrasados. A SEEDUC informou que nesse momento os atrasados não serão pagos. Esse pagamento vai depender da melhora no Caixa. A seguir cobramos também triênios e quinquênios e o pagamento do percentual do tempo de serviço, que não está sendo pago. A SEEDUC afirmou que será pago assim que a PGE liberar. Argumentamos, questionamos, cobrando que Plano de Carreira é Lei e precisa ser cumprido. O departamento jurídico do SEPE/RJ está acompanhando essas questões e  orientando as direções dos núcleos e regionais. Enquadramento do Magistério: São 12.800 (doze mil e oitocentos) servidores que vão receber. Não será retroativo, são os processos de 2012 até agora.
 
4- Perícia médica - solicitamos audiência com a Direção da Perícia por conta do péssimo tratamento dado aos nossos servidores, falta agilidade e um olhar humano na liberação de licenças e publicações das readaptações. Oficializar audiência com o Secretário de Saúde, com cópia para o Secretário Vagner Victer.
 
5- Questão dos readaptados (relocação): a SEEDUC vai acompanhar caso a caso, mas se mantém inflexível na lotação aleatória. Cobramos que muitos profissionais não estão em condições de assumir turmas, vários com problemas físicos e psiquiátricos graves. Questionamos sobre quem irá se responsabilizar pelo que acontecer com os alunos e esses professores? E a situação de vários que estão perdendo suas origens. Apresentamos que a SEEDUC precisa tirar uma política Geral para os readaptados, mantendo-os nas escolas como extra classe até que a readaptação seja publicada. A Secretaria reafirmou que irá analisar  caso a caso.
 
6- Situação dos excedentes (Docentes II e Docentes I)- Secretaria apresentou dados mostrando que 93% da rede está em uma escola. Questionamos esses dados. Mas lembramos que mesmo que os números estivessem corretos, centenas de professores estão tendo suas vidas desorganizadas de forma desesperadora e que isso é resultado da politica implementada pela secretaria de Educação. Apresentamos proposta de suspensão de locação aleatória e que os docentes deveriam continuar em suas escolas como articuladores, em sala de leitura etc. A SEEDUC afirmou que não pode implementar essa proposta, não pode flexibilizar, mas vai analisar os casos. Cobramos o cumprimento da Liminar do SEPE/RJ que impede a movimentação de Docentes I e II. A SEEDUC informou que a PGE entrou com recurso é que a ordem da Procuradoria é não cumprir a Liminar.  O departamento jurídico do SEPE/RJ já está tomando as devidas providências.
 
7- Tratamento de algumas Metros aos profissionais de educação: entregamos o mapeamento com os problemas verificados em algumas delas, alguns resolvidos ontem de imediato e autorizou a formação de turmas em algumas unidades escolares, a SEEDUC levará para o Secretário. Lembramos que as metros III e IV, estão com muitos excedentes devido ao tamanho das mesmas, especialmente nas disciplinas de Espanhol e Arte. A Secretaria informou que vai acompanhar de perto essas metros. Informou também que nas metros maiores será usada  metodologia própria.
 
8- Nomeação de diretores eleitos das escolas D e E - A SEEDUC informou que a nomeação será feita em breve pois os diretores  já terminaram o curso.
 
9- Articuladores - estão com carga horária maior do que a do edital do concurso. A SEEDUC vai estudar a situação e dará retorno, mas no momento não há orientação para esse aumento de carga.
 
- Devolução dos descontos - a SEEDUC está verificando os processos de devolução dos descontos e irá agilizar o pagamento.
 
11- Foi solicitada audiência específica com animação Cultural - Será enviado e-mail para o Secretário.
Todos os casos, com a problemática da lotação aleatória dos profissionais da educação foram encaminhados e a SEEDCU enviou e-mail para as Metros e Coordenadorias solicitando as devidas correções. 
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450