Saúde e DDHH
01/06/2011
Escolas estaduais ameaçadas de fechamento vão protestar na Alerj nesta quinta (dia 2 de junho)


Os profissionais de educação e alunos das 22 escolas estaduais ameaçadas ter suas portas fechadas pela Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) farão um ato na Alerj nesta quinta-feira (dia 2 de junho) a partir das 18h. Eles vão denunciar aos deputados e à Comissão de Educação e Cultura da Assembléia Legislativa que o governo estadual está promovendo uma redução de vagas na rede estadual com o fechamento destas escolas, previsto para o final do mês de julho.

O anúncio da extinção de 22 unidades e a transferência de alunos e profissionais para outras escolas, sem qualquer aviso, está causando revolta entre profissionais e alunos. Para eles, a transferência para outras escolas pode resultar numa superlotação de turmas e em problemas de deslocamento já que algumas das unidades de destino são localizadas em pontos de difícil acesso e, até mesmo, em áreas consideradas de risco. O Sepe já está estudando as maneiras de acionar o Ministério Público Estadual contra a medida da SEEDUC, por entender que as autoridades educacionais estão promovendo uma redução no quantitativo de vagas para os alunos trabalhadores que necessitam estudar no  período noturno.

 

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450