Saúde e DDHH
31/10/2018
Manifesto contra agressão e homofobia no Colégio Estadual Visconde de Cairu
SE FEREM NOSSA EXISTÊNCIA, SEREMOS RESISTÊNCIA!                          
 
No dia 29 de outubro, um dia após a vitória de Jair Bolsonaro como Presidente do Brasil, denunciamos um caso absurdo de agressão e homofobia dentro do Colégio Estadual Visconde de Cairu, na capital do Rio de Janeiro. Hugo e João, estudantes LGBTs do Cairu andavam pela escola quando ouviram ameaças de morte por outro aluno. Ao irem para o refeitório, o sujeito retorna e agride Hugo e João com um pedaço de madeira, chutes e socos. Hugo levou 8 pontos na cabeça e João está com fortes dores nos braços. 
 
É inadmissível que nossas escolas se tornem palco de violência e perseguição contra LGBTs! Sabemos que com a eleição de um Presidente declaradamente inimigo das LGBTs, essas pessoas se sentem mais encorajadas a agredir e ameaçar LGBTs. Mas nós não permitiremos isso.
 
Prestamos toda nossa solidariedade a Hugo e João, vocês não estão sozinhos! Seguiremos acompanhando o caso para punir quem foi o agressor. 
 
O Visconde de Cairu NÃO SERÁ TERRITÓRIO DE HOMOFOBIA. Nenhuma escola será!  
 
Ninguém solta a mão de ninguém! Estaremos todos e todas juntas resistindo pela nossa existência!
 
Assinam:
Grêmio Cairu Resiste
Grêmio Conexão Olga
União dos Estudantes de Saquarema
JUNTOS!
Grêmio Revolução - Colégio Olavo Bilac
Grêmio Tonhão
RUA - Juventude Anticapitalista
Grêmio Fortaleça - FAETEC Bacaxá
Frente da Juventude Negra pela Democracia
Encontro das Cores
APG UFRJ - Associação dos Pós Graduandos
União Municipal Dos Estudantes secundaristas de Santos
Movimento AFRONTE!
Juventude Vamos a Luta!
CACS Maria Célia Corrêa UFRJ
CAEnf UFSCar
União Estadual dos Estudantes da Bahia - UEES
Associação de Grêmios e Estudantes de Salvador
SEPE Regional III
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450