Página Inicial História Estrutura Jurídico Sindicalização Estatuto
Ouvidoria EAD
Saúde e DDHH
Fale com o Sepe
19/02/2019
SEEDUC admite carência de 20 mil vagas na rede estadual
Ontem e hoje (dia 18 e 19/2) a imprensa deu destaque à confirmação pela SEEEDUC de que cerca de 20 mil alunos se encontram sem escola e ainda aguardam uma vaga na rede estadual de educação.  A informação foi dada pelo próprio secretário de estado de Educação, Pedro Fernandes. Em janeiro, o secretário já havia admitido uma carência de mais de dois mil professores na rede. Tais fatos comprovam o estado precário da educação em nosso estado, uma consequência do descaso e da falta de investimento de sucessivos governos, que sempre se preocuparam mais com a corrupção e o favorecimento de empresários e empreiteiras do que com o bom funcionamento dos serviços públicos essenciais para a população, como a Educação e a Saúde. A falta de vagas foi destaque nos portais de comunicação, jornais da TV e, hoje, nos jornais impressos.
 
Segundo a rádio CBN desta manhã (Programa CBN Rio, dia 19/2) nesta quarta-feira haverá duas reuniões, uma no Ministério Público e, outra, no Juizado da Infância e da Adolescência para tratar do problema e o secretário Pedro Fernandes foi convocado para participar das duas para explicar como o governo vai fazer para resolver o problema. O governo do Estado também confirmou a intenção de pagar mensalidades em escolas da rede privadas para os estudantes sem vaga no estado. 
 
Para o Sepe tal iniciativa não serve para melhorar a situação. O sindicato defende que o governo promova mudanças no sistema de matrículas, garantindo também a chamada “matrícula de balcão”, na qual os responsáveis se dirigem às escolas próximas de suas residências e ali efetuam sua inscrição. Quanto ao problema da falta de professores – além, claro da de funcionários – o sindicato defende a convocação imediata de todos os concursados aprovados em concursos anteriores e a realização de novos concursos para professores e funcionários administrativos para suprir todas as carências.
 
Teto de colégio estadual em Jacarepaguá desabou ontem (dia 18/2)
Ontem, parte do teto do Colégio Estadual Stella Matutina, no Tanque (Jacarepagua) desabou e feriu cinco estudantes. A queda de parte do reboco teria sido em consequencia das chuvas das duas últimas semanas. Os alunso foram atendidos no Hospital Municipal Lourenço Jorge na Barra e foram liberados segundo a SEEDUC.  
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450