Saúde e DDHH
17/04/2019
Avaliação externa adapta escola à padronização e controle empresariais

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, na Assembleia da Rede Estadual do dia 6 de abril, aprovou o boicote à "Avaliação Conhecer" da SEEDUC. A decisão dos profissionais de educação foi a de não participar das avaliações externas organizadas pela Secretaria de Educação.

Apesar da falta de informações sobre os objetivos e os critérios da avaliação, entendemos que qualquer tipo de avaliação diagnóstica tem que ser organizada pela comunidade escolar, respeitando suas especificidades. As avaliações externas acabam produzindo dados que não refletem as particularidades das escolas. Além disto, são pensadas em uma lógica meritocrática, tanto para os discentes quando docentes. Tal lógica é ineficaz para o processo de ensino aprendizagem.

A SEEDUC afirma que a Avaliação Conhecer não tem um caráter obrigatório para professores e alunos. No entanto, tal informação não está sendo divulgada em grande parte das unidades escolares, que tem se organizado para aplicação, na lógica do antigo SAERJ. Apesar de não ser obrigatório, direções e professores tem que assinar um termo de compromisso se responsabilizando pela prova.

No intuito de esclarecer a categoria e defender avaliações que respeitem as especificidades de cada escola, sem reduzi-las à lógica meritocrática, o SEPE convoca a categoria a não aplicação da avaliação conhecer. Em tempo convoca a categoria para uma plenária específica do tema, com local e data que ainda serão divulgados pelos canais de comunicação do sindicato. 

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450