Saúde e DDHH
07/11/2019
Estudo do IBGE sobre indicadores sociais mostram que 11,8% dos adolescentes com menor rendimento abandonaram a escola em 2018
A Agência de Notícias do IBGE publicou ontem (dia 6/11) uma matéria mostrando que, em 2018, cerca de 11,8% dos adolescentes com 15 a 17 anos de idade que estavam entre os 20% da população com os menores rendimentos abandonaram a escola sem concluir o ensino básico, um percentual 8 vezes maior que o desse mesmo grupo etário entre os 20% com maiores rendimentos (1,4%). As informações são da Síntese de Indicadores Sociais (SIS) do IBGE.
 
Cerca de 40,0% da população brasileira com 25 anos ou mais de idade não tinham instrução ou sequer concluíram o ensino fundamental. Considerando-se o analfabetismo entre as pessoas com 15 anos ou mais de idade, o Brasil tem a quinta maior taxa (8,0%) entre 16 países da América Latina, segundo a Unesco. Além disso, 49,0% dos brasileiros com 25 a 64 anos não haviam concluído o ensino médio, o dobro da média dos países analisados pela OCDE neste tema (21,8%).
 
Num momento grave em que o governo federal, desde o início do ano, vem cortando de forma contínua as verbas da Educação Pública e, nesta semana, enviou um projeto para o Congresso, visando desobrigar o Estado a investir na Educação, as informações divulgadas pelo IBGE comprovam que a mobilização de todos pelo fim dos cortes nos repasses e verbas para a Educação a manutenção do investimento dos governos no setor é urgente e fundamental. Veja a matéria completa da Agência de Notícias do IBGE pelo link abaixo:
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450