Página Inicial História Estrutura Jurídico Sindicalização Estatuto
Ouvidoria EAD
Saúde e DDHH
Fale com o Sepe
30/04/2020
Vírus do “e daí?” ataca prefeito de São Gonçalo

O prefeito de São Gonçalo, Dr. José Luiz Nanci, deu mostras de extrema falta de empatia para com o sofrimento pelo qual passa o povo nessa pandemia. Além da falta de política de proteção à população gonçalense, promoveu um verdadeiro massacre nos salários dos profissionais da educação. Ele cortou “dobras”, horas extras e gratificações de professores regentes, o que para muitos significa redução de mais de 50% do salário.

Assim, aliada aos descontos da previdência em cima de atrasados recebidos em folha suplementar no mês passado, tal política resultou em contracheques com míseros valores de R$ 400, R$ 300... Como enfrentar o mês com esse salário, ainda mais em tempos de pandemia?

Os relatos que o SEPE São Gonçalo tem recebido são desnorteadores. Inúmeros casos de Professoras, cujo salário é a única renda da família, levam à perspectiva de despejos, inadimplência, carência alimentar e falta de remédios para tratamentos, além de transtornos emocionais graves.

Enquanto isso, assistimos atônitos à denúncia na imprensa, no RJTV1 dessa quinta, dia 30/04, de compras superfaturadas, feitas pela prefeitura gonçalense, de álcool gel a absurdos R$ 105,00 a garrafinha de 500 ml, quando esta custa entre R$ 15 a R$ 30 reais no comércio da cidade – ao mesmo tempo, os salários de muitas professoras, com os cortes impiedosos feitos por esse mesmo prefeito, valem pouco mais do que 1 litro de álcool gel comprado pelo município.

Parece que o prefeito, que é médico, foi contaminado pelo vírus do “E DAÍ?“. Somente isso explicaria tal política de massacre.

O SEPE-SG está recolhendo os contracheques para enviar ao MP e à imprensa; assim como está organizando a solidariedade necessária para minimizar o sofrimento dessas famílias.

O sindicato já foi ao MPRJ/Educação - Núcleo SG e denunciou os cortes salariais efetuados. Na próxima semana, a direção do Sepe terá uma 2ª reunião com o MP a respeito; o sindicato também irá analisar a abertura de uma denúncia contra o que foi noticiado nessa matéria do RJTV.

Solicitamos, com isso, que os profissionais de educação enviem à prefeitura de São Gonçalo email de repúdio a essa atitude do Prefeito; e também em solidariedade aos profissionais da educação da rede municipal de São Gonçalo.

Veja a matéria com a denúncia da compra superfaturada de alcool gel a R$ 105,00 a garrafinha de meio litro.

Email do Prefeito: joseluiznanci@pmsg.rj.gov.br

Email da Secretaria de Educação: secretariadeeducacao@pmsg.rj.gov.br

Email da Ouvidoria : ouvidoria@pmsg.rj.gov.br

Email do Ministério Público da Educação de São Gonçalo: pjtc.edusg@mprj.mp.br

Email da Presidência da Câmara: dineymarins@cmsg.rj.gov.br

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450