Página Inicial História Estrutura Jurídico Filiação on-line Estatuto
Ouvidoria EAD
Saúde e DDHH
Fale com o Sepe
10/02/2021
REDE MUNICIPAL DE TERESÓPOLIS - INFORME SOBRE ASSEMBLEIA GERAL DO DIA 08 DE FEVEREIRO:

Primeiramente, alguns esclarecimentos da direção do Sepe Teresópolis a respeito da realização da plenária virtual:

1- A assembleia virtual foi realizada com orientação jurídica, amparada pela Lei Federal nº 14.010, de 10 de junho de 2020. Assim como o SEPE, vários sindicatos no Brasil fazem assembleias virtuais para não arriscar a vida da categoria por causa da pandemia, a exemplo, Metroviários-SP, Apeoesp, Sindipetro etc.

  2- A convocação da assembleia foi feita em jornal de grande circulação na cidade, no dia 30/01/21, postada nas redes sociais e na página deste Sindicato, possibilitando a participação dos profissionais da rede municipal de ensino de Teresópolis.

  3- O SEPE é um sindicato específico da educação e representa legalmente as redes municipais do Estado, por isso os profissionais de Educação da rede municipal de Teresópolis podem seguir as deliberações tiradas em nossas assembleias.

  4- O SEPE tem autonomia sindical para convocar suas assembleias.

  5- A direção do SEPE Teresópolis respeita todas as decisões aprovadas nas assembleias.

“Principais” deliberações:

  1- Retorno seguro somente com vacina. Caso os profissionais sejam convocados para o trabalho presencial, entram em GREVE PELA VIDA e garantirão aos estudantes as atividades remotas/não-presenciais;

2- Inclusão dos profissionais da educação (efetivos, contratados, terceirizados) no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19;

  3- Exigir inclusão digital dos alunos, com acesso à internet gratuita e a equipamentos;

4- Cobrar do governo capacitação em tecnologia para profissionais do magistério, garantindo equipamentos e acesso gratuito à internet;

5- Exigir do governo a urgente distribuição de alimentos da agricultura familiar para os estudantes, com manutenção do cartão-alimentação;

6- Exigir da SME campanha sistemática contra a violência física e abuso sexual de crianças e adolescentes;

7- Que o SEPE abra canal de denúncia sobre problemas nas escolas e creches do município que impeçam o retorno seguro às atividades presenciais;

8- Solicitar esclarecimentos à SME sobre a busca ativa aos estudantes e cancelamento de alguns cartões-alimentação. A assembleia é contrária a qualquer cancelamento antes da certeza de que o aluno está evadido da rede e a Secretaria de Assistência Social tenha feito contado com as famílias.

9- Criação de Grupos de Trabalho para produção de material audiovisual/digital para a comunidade escolar e categoria.

Neste momento da pandemia, o principal é preservar as vidas, as nossas, as dos estudantes e de seus familiares. Por isso, a vacina é essencial para que os responsáveis sintam-se seguros em mandar seus filhos e filhas para unidades de ensino. Como as escolas são “insubstituíveis” e é direito fundamental de crianças e adolescentes, a própria UNESCO defende que sejamos um dos primeiros grupos na fila da vacinação. Vamos fazer valer esse direito! Venha para a luta!

Teresópolis, 08/02/2021.

DIREÇÃO COLEGIADA"  

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450