Saúde e DDHH
27/03/2012
Amanhã (dia 28), rede estadual vai parar em defesa da escola pública


Os profissionais das escolas públicas estaduais farão uma paralisação de 24 horas amanhã, quarta-feira, dia 28 de março.

Esta é a terceira paralisação que a categoria realiza em 2012, desde que a Campanha Salarial foi aberta no início de fevereiro. Na quarta-feira, os cerca de 80 mil professores e funcionários das 1.640 escolas da rede estadual vão parar e participarão da grande Marcha em Defesa da Escola Pública, que está sendo promovida pelo Sepe e diversas entidades que integram o Fórum Estadual em Defesa da Escola Pública.

A Concentração para a passeata está marcada para as 15h, na Candelária. De professores, funcionários e alunos de escolas públicas estaduais, municipais, universidades federais e estaduais no Rio de Janeiro, escolas técnicas e entidades do movimento civil ligadas ao setor educacional seguirão em direção à Cinelândia, onde será realizado um ato-show em defesa da Educação.

A mobilização visa denunciar as péssimas condições da Educação Pública, tanto no Brasil, como no estado e cobrar mais investimentos, menos privatização e mais qualidade. As unidades da FAETEC (escolas técnicas estaduais), do Colégio Pedro II e Universidades públicas que funcionam na capital e interior confirmaram a presença na passeata. Do interior do estado virão caravanas com profissionais e estudantes que trabalham e estudam em unidades do Grande Rio e municípios do interior.

Os profissionais de educação da rede estadual reivindicam 36% de reajuste salarial, conforme deliberação de assembleia da rede estadual, levando em conta o aumento da arrecadação estadual, além de 1/3 da carga horária para planejamento extraclasse e o fim do Programa Autonomia, entre outros pontos.


Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450