Saúde e DDHH
05/11/2012
Subsecretário da SME admite repressão contra professor que emitiu opinião na internet


subsecretário de Nova Tecnologias Edulcacionais da SME do Rio, Rafael Parente, admitiu que chegou a solicitar à uma CRE para que investigasse um professor que fez críticas aos projetos educacionais do governo municipal numa comunidade da internet. Parente, através de uma rede social, admitiu ter "ficado preocupado com os excessos do referido professor na comunidade e sugeridosimà CRE que verificasse se há também excessos, ofensas e desrespeitos no ambiente escolar, com colegas ou alunos e que, caso houvesse, que a CRE avaliasse chamá-lo para uma conversa ou algo do tipo". Tal atitude do subsecretário constitui um abuso e um ato anti-democrático, de alguém que não respeita a livre manifestação de idéias, além de trazer à lembrança de todos os tempos da ditadura militar, nos quais emitir qualquer opinião poderia acarretar perseguição e, até mesmo, a prisão daqueles que discordassem do regime. Veja matéria completa no link da Regional VII do Sepe abaixo:



http://regional7.wordpress.com/2012/11/04/deu-no-face-sabe-com-quem-esta-falando/


Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450