Saúde e DDHH
05/12/2013
Retaliação: governo estadual também está descontando profissionais de educação por paralisações passadas


O Sepe está recebendo várias denúncias da categoria a respeito de descontos de até mil reais que o governo estadual estaria promovendo nos contracheques de profissionais de educação no mês de novembro. Os descontos são referentes à paralisações realizadas pela categoria em 2012 e são uma clara retaliação do governo estadual contra a mobilização dos profissionais, que fizeram uma greve de mais de dois meses, de agosto a outubro deste ano.

A medida é um descumprimento por parte do governo Cabral ao acordo firmado no STF em outubro, quando a SEEDUC se comprometeu a não efetuar descontos nos salários da categoria. Como não pode fazer os descontos da greve, a secretaria agora resolve retaliar a categoria com descontos de paralisações realizadas ao longo do ano, numa clara medida retaliatória contra o sindicato e contra os educadores. O Departamento Jurídico do sindicato  entrou em contato com o STF para denunciar os descontos que o governo estadual está efetuando nos salários dos profissionais de educação.


Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450