Saúde e DDHH
21/11/2016
NOTA DO SEPE SOBRE A VIOLÊNCIA E A SITUAÇÃO NAS ESCOLAS DA CIDADE DE DEUS

A direção do SEPE RJ se solidariza com os profissionais da Educação, alunos e moradores da comunidade da Cidade de Deus pelos momentos de tensão e violência ocorridos durante o final da semana passada e início desta, quando operações policiais resultaram em conflitos com mortes. Como tem sido amplamente divulgado pelos meios de comunicação, a comunidade se encontra sob verdadeiro estado de sítio, com ocupação policial e confrontos que inviabilizam a normalidade do trânsito das pessoas e o funcionamento das escolas.


 Mesmo com o acirramento da situação, a SME não se pronuncia em apoio à comunidade escolar e várias unidades municipais se encontram com as portas fechadas por causa da falta de segurança. O sindicato entende que, em momentos como esses, é necessário uma atenção mais concreta por parte do poder público.


Os profissionais de educação que trabalham nas escolas locais, assim como os moradores,  estão entregues à própria sorte e precisam de um pronunciamento imediato da SME quanto ao funcionamento das unidades escolares. Torna-se  impossível trabalhar num clima de medo, tendo a saúde e a integridade física ameaçadas. Lembramos que o discurso da SME é que as direções de escolas têm autonomia para decidir sobre o funcionamento ou não das unidades, nesse tipo de situação


A orientação do Sepe  é que os profissionais cujas direções optarem por abrir a escola e que não estejam se sentindo seguros, dirijam-se à CRE e cumpram, , a sua carga horária. Sabemos que muitos profissionais conseguem realizar excelentes trabalhos, apesar de todas as dificuldades, mas não podemos permitir que  alunos e educadores não recebam um olhar diferenciado por parte da SME!


Mais uma vez, os fatos nos colocam de frente para a dura realidade de que as autoridades de segurança do governo do Estado e as do setor educacional se acham pouco preparadas para lidar com tal tipo de situação.
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450