Saúde e DDHH
03/01/2017
SEEDUC QUER ACABAR COM O PROGRAMA DUPLA ESCOLA – SEPE CONVOCA PLENÁRIA ESPECÍFICA NA QUINTA (05/01)
Compartilhar

Atenção, profissionais da Educação do Programa Dupla Escola: em um ataque de fim de ano, a SEEDUC anuncia uma grave desestruturação do Dupla Escola, aumento da exploração e fim da gratificação!


Contra esse ataque, o Sepe convoca todos os Profissionais da Educação que fazem Dupla Escola para a PLENÁRIA de emergência na próxima quinta-feira, 05 de janeiro de 2017, a partir das 14 horas, no SEPE Central. O objetivo é organizarmos a luta em defesa dos direitos e condições de trabalho da categoria no Programa Dupla Escola. Vamos juntos!


Nos últimos dias desse fim de ano, a SEEDUC, por decisão direta de Wagner Victer, anunciou para as direções de escolas do Programa Dupla Escola medidas de completa desestruturação do Programa. A SEEDUC quer acabar com a gratificação paga aos Profissionais da Educação por adesão ao Dupla Escola. A partir desta determinação, os professores passariam a ter de trabalhar no Dupla Escola a carga-horária dos concursos de origem – 16 horas com 12 horas em sala e 4 horas de planejamento todo na escola/30h com 20h em sala e 10h de planejamento todo na escola e assim por diante.


A alocação dos professores seria também pela disciplina de ingresso no Dupla Escola. Os professores que ficarem excedentes seriam encaminhados para as respectivas Coordenadorias para "escolherem escola".


Na prática, estão desmontando o Programa Dupla Escola, aumentando a exploração dos profissionais para "compensar" o corte brutal de verbas públicas ali investidas. Até o momento não há, porém, anúncio de que os "parceiros privados" de escolas do Programa sofrerão alguma mudança.


Mais uma vez vemos que nesta relação entre público e privado, os trabalhadores concursados ficam em situação fragilizada. A retirada da gratificação, da maneira como se dá, é grave. Mais grave ainda é a perda de origem de diversos profissionais, assim como o aumento de exploração através da obrigatoriedade de cumprimento de todos os tempos de planejamento nas escolas (pior, cumprindo os tempos de planejamento na adesão ao Programa, suprimindo-se assim o direito ao planejamento individual de cada profissional).


Lembramos que os professores de 16h e 40h não têm direito pleno ao 1/3 de planejamento, trabalhando mais tempo em sala de aula do que deveriam por garantia da lei nacional. Outra parte do ataque da SEEDUC é que as práticas pedagógicas de aulas integradas e atividades extra-curriculares, que são comuns no Dupla Escola, estão seriamente ameaçadas.


WAGNER VICTER MENTE


Em reunião com as direções das escolas do Dupla Escola, o secretário de Educação que não é educador MENTIU, alegando que o fim da gratificação se daria por exigência do SEPE! Tal cobrança nunca foi feita! O SEPE defende, a garantia de todos os direitos e a valorização de todos os profissionais da educação envolvidos, a consolidação da educação integral em uma perspectiva multidimensional, sem subordinação exclusivamente ao mercado de trabalho/empresas.


O que a SEEDUC está fazendo é desestruturar o Programa para economizar recursos às custas das condições de trabalho dos educadores e, ainda por cima, mente para a categoria tentando nos dividir!


PLENÁRIA DO DUPLA ESCOLA NO SEPE


Por tudo isso, o Sindicato convoca todos os Profissionais da Educação para a PLENÁRIA de emergência na próxima quinta-feira, 05 de janeiro de 2017, a partir das 14 horas, no SEPE Central.

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450