Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

A Câmara de Vereadores de Niterói aprovou na manhã desta terça-feira (8), em caráter de urgência, o PL 01/2019, com a criação de 1.195 novos cargos na Fundação Municipal de Educação e que serão preenchidos exclusivamente através do concurso público realizado em 2016.

Em uma sessão extraordinária, antes da volta do recesso, os vereadores votaram em primeira e segunda discussões a mensagem executiva que previa a convocação dos aprovados no concurso (fonte: jornal O Fluminense).

A criação dos cargos era uma reivindicação histórica e uma vitória da categoria! Parabéns a todos os profissionais que participaram da campanha.

Com o PL 01/19, foram criados os seguintes cargos:

1) 705 cargos de Professor I;

2) 403 de Professor I de Apoio

3) 49 de Merendeiras

4) 12 de Auxiliares de Portaria;

5) 26 de Agentes de Coordenação de Turno.

Total: 1195 cargos.

0

Uma pesquisa do Instituto Datafolha, realizada no final de 2018, comprovou que a maioria da população é a favor da educação sexual e da discussão sobre temas políticos em sala de aula. A abordagem destes temas tem sido alvo de ataques frequentes de grupos conservadores e religiosos e se encontra no cerne dos projetos que visam a instituição do projeto Escola sem Partido que tramitam em diversas assembleias legislativas e no Congresso Nacional.

Segundo o Datafolha, 54% dos entrevistados acham que a discussão de temas ligados à educação sexual devam ser realizadas nas escolas e 71% concordam com a inclusão da discussão de temas políticoas em sala de aula. Os dados são um golpe nas iniciativas dos grupos conservadores e no presidente eleito Jair Bolsonaro que teve a bandeira do escola sem partico como uma das principais promessas de campanha. Leia a matéria publicada na Folha de São Paulo/UOL sobre a pesquisa pelo link abaixo:

/www1.folha.uol.com.br/educacao/2019/01/maioria-no-pais-defende-educacao-sexual-e-discussao-sobre-politica-nas-escolas.shtml?loggedpaywall 

0