Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, na Assembleia da Rede Estadual do dia 6 de abril, aprovou o boicote à "Avaliação Conhecer" da SEEDUC. A decisão dos profissionais de educação foi a de não participar das avaliações externas organizadas pela Secretaria de Educação.

Apesar da falta de informações sobre os objetivos e os critérios da avaliação, entendemos que qualquer tipo de avaliação diagnóstica tem que ser organizada pela comunidade escolar, respeitando suas especificidades. As avaliações externas acabam produzindo dados que não refletem as particularidades das escolas. Além disto, são pensadas em uma lógica meritocrática, tanto para os discentes quando docentes. Tal lógica é ineficaz para o processo de ensino aprendizagem.

A SEEDUC afirma que a Avaliação Conhecer não tem um caráter obrigatório para professores e alunos. No entanto, tal informação não está sendo divulgada em grande parte das unidades escolares, que tem se organizado para aplicação, na lógica do antigo SAERJ. Apesar de não ser obrigatório, direções e professores tem que assinar um termo de compromisso se responsabilizando pela prova.

No intuito de esclarecer a categoria e defender avaliações que respeitem as especificidades de cada escola, sem reduzi-las à lógica meritocrática, o SEPE convoca a categoria a não aplicação da avaliação conhecer. Em tempo convoca a categoria para uma plenária específica do tema, com local e data que ainda serão divulgados pelos canais de comunicação do sindicato. 

0

Em uma sessão realizada desde o início da manhã e finalizada à tarde, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados resolveu adiar a votação do texto da Reforma da Previdência enviado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso. O adiamento da votação já era dado como certo desde o início da semana mas, na noite de ontem (dia 16/4), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) tentou manobrar junto lideranças dos partidos da base do governo para forçar a votação do texto ainda hoje. Os deputados da oposição também se mobilizaram para impedir que a votação fosse realizada e a previsão agora é de que a votação só ocorra na semana que vem. fonte (UOL)

0

Os profissionais da rede municipal de Cabo Frio estão ocupando a prefeitura desde o início da manhã de hoja (dia 17/4) para exigir do prefeito, Dr. Adriano, uma audiência e o atendimento das reivindicações dos profissinais das escolas municipais, entre eles, um reajuste para a reposição das perdas salariais que já alcançam índice de mais de 30%. As autoridades municipais estão barrando o restante dos profissionais que se encontram do lado de fora da sede do governo, enquanto o grupo que se encontra no seu interior afirma que só irá se retirar depois de ser recebido pelo prefeito.

0

STF DETERMINA A CONVOCAÇÃO DE PROFESSORES APROVADOS EM CONCURSOS DO ESTADO (2011 A 2014)
 
Importante decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal – STF, ministro Toffoli, manteve a decisão, em ação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro – MPRJ, que garante a convocação dos professores aprovados nos concursos públicos feitos pelo governo do estado do Rio entre 2011 e 2014.
 
Existem duas ações de assuntos quase idênticos: a do Sepe que está no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro – TJRJ, que também está com uma liminar garantida (o governo recorreu); e essa do MPRJ, que ganhou no TJRJ; teve suspenso os efeitos no Supremo e agora Toffoli reviu a suspesão e manteve a convocação. Assim, hoje, ambas as tutelas (a do Sepe e a do MP) estão valendo, o que favorece cerca de 400 professores que ainda não foram convocados.
 
Antes, a liminar ganha pelo Sepe já havia garantido a convocação de mais de 300 professores.
 
O Sepe irá cobrar da SEEDUC o cumprimento imediato da decisão.
 
Leia a matéria linkada a seguir, do jornal Extra (com chamada de capa), com um comentário da direção do Sepe.
 
0