Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira
A direção do Sepe juntamente com representantes de AEIs tiveram uma audiência hoje (dia 02/5) com o presidente da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores, Célio Lupparelli. A audiência teve como tema o seguinte assunto: a decisão judicial do Órgão Especial do Tribunal de Justiça acerca do cargo dos AEIs e a possibilidade de graves perdas de direitos com a inconstitucionalidade do cargo
0

O Sepe participou de uma audiência pública na Comissão Especial da Juventude da Alerj nesta quinta-feira (dia 02/5).  A direção do sindicato questionou, em primeiro lugar, a ausência do secretário de estado de Educação, Pedro Fernandes. Também enfatizamos a necessidade do diálogo com toda a comunidade escolar, dando como exemplo as escolas que têm vagas, mas a SEEDUC não abre a matricula de balcão. Outro fator questionado foi a solução mediada pela Defensoria Pública de alocar estudantes em escolas particulares.
 
Dois diretores eleitos de escolas estaduais participaram do encontro: Pedro Mara e João Paulo Cabrera. Também participaram do encontro representações de estudantes, do Conselho Estadual de Educação e da Defensoria Pública.
0

Os profissionais de educação marcaram presença nas atividades do 1º de Maio, realizadas durante todo o dia de ontem na Praça Mauá. Organizado pelas Centrais Sindicais, os atos foram marcados por protestos contra a Reforma da Previdência e contra os ataques do governo Bolsonaro contra os direitos dos trabalhadores e do conjunto da população. Neste dia, as entidades da educação se reuniram para dar o pontapé inicial na organização unificada da greve geral da educação no dia 15 de maio. Participaram desta reunião as seguintes entidades: Sepe, SinproRio, Sintuff, Sintufrj, Sintuperj, Sindscope, UEE, Levante Popular da Juventude e UJS.
 
Foto: Washington Luiz de Araújo 
0

Nâo satisfeito com o polêmico anúncio do corte de 30 das verbas de três instituições federais de ensino superior (IFES), o ministro da Educação Abraham Weintraub agora anunciou que a redução dos repasses no total de 30% será estendido ao conjunto das universidades federais no país. Na terça-feira, quando anunciou o ataque à Universidade Federal Fluminense, Universidade Nacional de Brasília e Universidade Federal da Bahia, o ministro havia explicado que o corte era uma retaliação contra a realização de atos políticos ou festividades nestes locais, ocorrências classificadas pelo ministro como "promoção de balbúrdia". (Veja matéria do Sepe sobre o assunto pelo link abaixo):

https://tinyurl.com/y6z3bgn4

Uol denuncia cortes de mais de 50% em investimentos na Educação nos últimos quatro anos

Em matéria publicada hoje (dia 02/5), o portal UOL divulgou um relatório da Câmara dos Deputados que mostram a redução de cerca de 56% dos investimentos em Educação no Brasil nos últimos quatro anos. Segundo a reportagem (veja pelo link abaixo), a redução ocorreu nos três níveis de ensino: básico, técnico e superior.

https://tinyurl.com/y362vybr

0