Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira
A comunidade escolar da unidade Vereador Américo dos Santos, profissionais e estudantes, responsáveis, moradores e atores sociais do bairro Banco de Areia, em Mesquita, estão mobilizados em defesa da escola contra o fechamento da EJA que funciona no terceiro turno.
 
A Educação de Jovens e Adultos da escola atende a um dos maiores bairros do município e é a única escola pública da rede municipal de grande porte localizada na região, além de ser de fácil acesso, próxima a linhas de ônibus, praça, posto de saúde e outros aparelhos públicos. Ela Atende a adultos, idosos, jovens e adolescentes e pessoas com deficiências, sendo um grande prejuízo a toda comunidade o encerramento das suas atividades.
 
A EJA da Américo dos Santos produz excelentes resultados, inclusive vários estudantes hoje estão no IFRJ.
No dia 03 de dezembro foi realizado um abraço simbólico e a escola, em conjunto com o sindicato e a comunidade, está colhendo assinaturas para um abaixo assinado e organizando diversas ações de resistência.
0

A Comissão de Educação da Alerj convoca o público em geral para a Audiência Pública com a apresentação do relatório anual da Secretaria de Estado de Educação. A audiência será realizada no dia 11 de dezembro, a partir das 10h, na sala das comissões do Palácio Tiradentes (Rua Primeiroa de Março s/n – Praça XV – sala 316) e contará com a participação da gestão da Secretaria de Educação, deputados, integrantes da Comissão de Educação, direção do Sepe e profissionais de educação. A participação da categoria nesta audiência é importante para que possamos apresentar o ponto de vista dos profissionais que atuam nas escolas a respeito dos problemas enfrentados no cotidiano do ambiente escolar e denunciar a falta de condições de trabalho e as políticas educacionais do governo estadual.

0

O Sepe comunica com pesar o falecimento da professora e ex-diretora do sindicato, Adriana Maria de Almeida Freitas. O velório de Adriana será nessa quarta (4/12), às 13h, no Memorial do Carmo. A cremação será às 16h.
 
É um momento muito triste para todos que lutam por um país mais justo.
 
É um momento muito triste para o Sepe.
 
Adriana participou ativamente da luta em defesa da educação pública.
 
Ela sempre esteve à frente das mobilizações nacionais pela democracia e pelo socialismo.
 
Ela foi muito importante para tornar o Sepe uma entidade dos profissionais de educação, unindo o magistério e os funcionários administrativos.
 
Podemos afirmar, sem medo de errar, que o Sepe hoje é o que é por causa também do esforço da professora Adriana.
 
Na foto, parte da direção do Sepe, em 1997 – ano em que brigávamos contra o neoliberalismo do então presidente Fernando Henrique Cardoso, redivivo hoje no atual presidente; ano que também brigávamos contra governos do estado e municípios que não investiam o que deveriam na escola pública.
 
Daí a importância de lembrarmos da professora e sindicalista Adriana, que não fugia da luta.
 
Adriana é a segunda à direita, sentada. Seu marido, também ex-diretor do sindicato Alcebíades Teixeira, o Bid, está no centro (5º a contar da direita, também sentado).
 
Adriana presente!
0