Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe no fone: (21) 9999-24931 (manhã); ou pelo email: juridico@seperj.org.br


A direção colegiada do núcleo central do Sepe RJ (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro), vem a público informar que não é verdade que a nota intitulada “NOTA DA SECRETARIA DE COMBATE À DISCRIMINAÇÃO RACIAL DO SEPE CENTRAL”, veiculada erroneamente pelo jornal Prensa de Babel, no dia 8 de abril de 2020, foi publicada pelo sindicato. A referida nota não foi publicada oficialmente pela direção do sindicato e, portanto, não traduz o posicionamento do Sepe-RJ sobre o conflito entre o núcleo Lagos e o secretário municipal de educação de Cabo Frio, Flávio Guimarães.
0

O que os 23 vereadores da Câmara Municipal RJ fizeram com os servidores municipais foi uma covardia, uma vergonha, ao aprovarem o aumento da contribuição da previdência para 14% – com isso, em plena pandemia, tivemos nossos salários reduzidos. Isso sem reajuste desde 2018 com boa parte dos funcionários ainda sem ter recebido o 13º de 2020. No card, os nomes dos vereadores que aprovaram o PL 61/2021.

0

Veja nas imagens um manifesto de apoio aos profissionais da rede municipal de São Goncalo produzido pela Faculdade de Formação de Professores (FFP) da Uerj de São Gonçalo . O manifesto fala do perigo de reabertura das escolas, mostrando os perigos representados pelo aumento explosivo do número de casos para a volta do trabalho presencial nas escolas.

Leia o manifesto:

0

 
A Imprensa está repercutindo desde o início da manhã que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, teve confirmada reinfecção pela covid-19. O prefeito foi submetido a testes de detecção do coronavírus, após apresentar sintomas da doença. No caso de Paes, trata-se de um caso de reinfecção já que, em maio de 2020, ele tinha contraído a doença. O novo diagnóstico de infecção do prefeito foi feito na manhã desta quinta-feira (dia 15).

A contaminação do prefeito, que apresentou sintomas leves da doença até o momento, é uma prova contundente da necessidade imediata de medidas mais restritivas de isolamento social e fechamento das atividades econômicas para evitar a propagação explosiva do número de casos na cidade do Rio de Janeiro. O prefeito do Rio, mesmo contra os alertas dos especialistas tem se mostrado resistente a implementar medidas mais duras de isolamento social e é defensor da manutenção da abertura das escolas no município, mesmo com os alarmantes índices de contaminação e de colapso do sistema de saúde na cidade.

Fontes: Portal do Jornal O Globo e Rádio CBN
0