Agende seu atendimento pelo Departamento Jurídico do Sepe no fone: (21) 2195-0457 (10h às 16h).

Em assembleia virtual realizada no final da tarde desta quinta-feira, dia 10 de junho, os profissionais da rede estadual aprovaram a manutenção da greve em defesa da saúde e da vida contra o retorno presencial das atividades escolares, mas com a manutenção das atividades remotas em home office.

A plenária virtual também aprovou apoio ao ato Fora Bolsonaro, que será realizado no dia 19 de junho, com transmissão online da atividade.

Veja como foi a votação:

1

219 votos (86,6%): A assembleia da Rede estadual do RJ aprova para a MANUTENÇÃO da GREVE EM DEFESA DA SAÚDE E DA VIDA contra o retorno presencial das atividades escolares mas com a manutenção das atividades remotas em home Office

 

11 votos)4,3%): A assembleia da rede estadual aprova a SUSPENSÃO da GREVE EM DEFESA DA SAÚDE E DA VIDA

 

23 votos (9,1%):  Abstenção

2

Sobre o ato Fora Bolsonaro no dia 19 de junho

 

157 votos (62,1%): A assembleia da rede estadual apoia o ato, com transmissão online da atividade.

 

74 votos (29,2%): A assembleia da rede estadual convoca a categoria para participar do ato no dia 19 de junho.

 

22 votos (8,7%): Abstenção

Veja abaixo gráfico com índices da votação que aprovou a continuidade da greve na rede estadual:

0

Os profissionais da rede municipal de educação de Piraí estão denunciando a prefeitura que, ao contrário de todos os outros municípios do entorno, não está promovendo a imunização da categoria, nem apresentou até o momento um calendário de vacinação para os trabalhadores das escolas municipais.

 

Desde fevereiro, nem a prefeitura ou a Secretaria Municipal de Educação respondem aos ofícios enviados pelo Sepe Piraí, solicitando o estabelecimento imediato de um calendário de vacinação para o pessoal da Educação municipal. Além de não vacinarem os professores e funcionários da escola, o município não dialoga com o sindicato nem apresenta uma solução para o problema. O Sepe Piraí já foi informado de maneira verbal pela Secretaria Municipal de Saúde de que o órgão não poderia vacinar os profissionais de educação e deixar a população sem a segunda dose das vacinas.

 

Paralelamente, a Secretaria de Educação está convocando os professores para correções presenciais nas escolas.

 

A categoria está em greve das atividades presenciais desde 01/03 e por causa da falta de uma posição da prefeitura sobre a vacinação dos profissionais da rede municipal pode entrar em greve geral (atividades presenciais e remotas) a qualquer momento. Desde o dia 22 de maio, os profissionais da rede municipal de Piraí estão fazendo uma campanha com objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância da vacinação da nossa categoria.

 

Veja detalhes da campanha pelo link: https://www.facebook.com/sepe.pirai 

0

O Sepe RJ realizou um ato simbólico de protesto na prefeitura do Rio de Janeiro no final da manhã desta quinta-feira (dia 10 de junho). O protesto em defesa da saúde e da vida contou com transmissão ao vivo pelas redes sociais do sindicato e foi marcado pela reivindicação dos profissionais das escolas municipais do Rio de Janeiro de fechamento das escolas, vacinação para todos e respeito da parte da prefeitura aos protocolos sanitários para a prevenção da covid-19, em momento de alta no número de casos e de ocupação de leitos de UTI.



0

A prefeitura de São Gonçalo está fechando turmas de primeiro segmento da EJA em 10 escolas da rede municipal. Num momento em que cada vez mais a educação pública sofre com o corte de verbas e falta de investimentos, a medida do governo municipal de São Gonçalo só pode ser vista com repúdio, pois representa um retrocesso nos direitos da população à educação pública de qualidade para jovens e adultos.Veja abaixo a relação de escolas que tiveram fechamento de turmas do primeiro segmento da EJA 2021.

 

C.M Ernani Farias

C.M. Estephania de Carvalho

C.M. Ireno Barbosa Ornelas

E.M. Leonor Correia

.E.M. Luiz Gonzaga

E.M. Prefeito Nicanor Ferreira Nunes

E.M. Raul Veiga E.M. Visconde de Sepetiba

E.M. Guaxindiba

E.M. Mário Quintana

0