destaque-home, secretaria-aposentados, Todas

APOSENTADAS PROTESTARAM NO PALÁCIO GUANABARA CONTRA O DESCASO DO GOVERNO

Ato das aposentadas e aposentados no Palácio Guanabara cobra o pagamento das ações na Justiça, Piso Nacional e novos concursos públicos

Aposentados e aposentadas da educação estadual RJ fizeram um protesto em frente ao Palácio Guanabara, na manhã do dia dia 7 de maio, para reivindicar uma audiência urgente com o governador e também protestar contra o descaso com que este segmento da categoria vem sendo tratado pelo governo.

Uma comissão foi formada, mas não foi recebida, apesar de o sindicato ter oficiado com antecedência sobre o nosso protesto – segundo informações colhidas no momento do protesto, nem o governador e ninguém de seu staff estavam presentes.

A comissão, no entanto, durante o protesto protocolou no próprio Palácio Guanabara um pedido de audiência com o governador para o dia 13 ou 14 de junho como propostas de datas. Esperemos que, desta vez, o governador receba a categoria dos aposentados e aposentadas do estado.

Os aposentados(as) reivindicam que o governador Claudio Castro pare com os pedidos de protelamento na Justiça e pague o que é devido no TJRJ: processo Nova Escola, processo “interníveis” e gratificação dos R$ 164,00 (esses dois últimos são direitos envolvendo professores e funcionários aposentados). Os manifestantes também reivindicaram, também, o piso nacional e novos concursos públicos para a rede estadual, com o objetivo de manter a vitalidade do Rio Previdência.

O Sepe entrou, Tribunal, com a ação do Nova Escola em 2005, pedindo o pagamento da gratificação que fora paga até 2009 somente para o pessoal da ativa. A ação foi ganha pelo sindicato e começou a ser paga em 2016. Os pagamentos foram divididos em 21 lotes, mas, até hoje, só três lotes foram pagos pelo governo. Com isso, são mais de 10 mil aposentados que aguardam há anos para receber seus direitos, muitos em idade bastante avançada e alguns que já vieram a óbito sem conseguir ver depositado os valores determinados pela Justiça, cujo pagamento se encontra suspenso por causa do governo do estado.

Durante o ato, as professoras, os professores e funcionários e funcionárias participantes gritaram palavras de ordem e chegaram a parar o trânsito em frente ao Palácio. A luta continua! Os profissionais aposentados vão exigir a audiência com o governo e manter a pressão.


Clique aqui para ver mais fotos.

Author


Avatar