Municipal

EDUCAÇÃO MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO IRÁ AO MP DENUNCIAR MENSAGEM APROVADA PELOS VEREADORES E QUE ATACA O PLANO DE CARREIRA

Os profissionais da rede municipal de São Gonçalo irão hoje, às 11h, ao Ministério Público para denunciar a aprovação, pela Câmara de Vereadores, da mensagem do prefeito, que modificou o Plano de Carreira da Categoria, retirando uma série de direitos dos profissionais de educação que vigoravam desde sua aprovação, no ano de 2002. Segundo a categoria, o plano não poderia ter sido modificado da forma que foi, sem uma discussão com a categoria, conforme acordo entre o Ministério Público Estadual e o Sepe durante a greve da Educação Municipal em 2002.

O Sepe vai recorrer à Justiça para barrar a alteração do Plano de Carreira e a retirada dos direitos da categoria. Segundo o sindicato, a mensagem deveria ter enviada com antecedência de 48 horas para ser incluída na pauta de votação do legislativo municipal, o que não ocorreu. Ela também não passou pelas Comissões de Constituição e Justiça e Pela Comissão de Educação da Câmara de São Gonçalo.

Por causa da aprovação da modificação do Plano de Carreira, os profissionais de educação do município de São Gonçalo entraram em estado de greve. Hoje, eles irão cobrar do Ministério Público uma ação contra o projeto do prefeito. Amanhã, quinta-feira (dia 16/12), o Sepe realizará uma assembleia, a partir das 16h para avaliar a luta contra o ataque ao Plano de Carreira, que já vigorava há vinte anos e era considerado uma gtrande conquista da categoria e que, agora, é destruído de forma ilegal pela prefeitura.

Author


Avatar