destaque-home, Municipal

PROFISSIONAIS DE SÃO GONÇALO FARÃO GREVE DE 24 HORAS DIA 17/02

Nessa terça-feira, dia 08/02, os profissionais da educação da rede municipal de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, fizeram assembleia com cerca de 170 participantes. Em estado de greve, a categoria aprovou, por unanimidade, greve de 24 horas no dia 17 de fevereiro, com ato às 11h, na prefeitura.

A greve é um protesto contra o golpe sofrido em dezembro de 2021, quando o prefeito, “capitão” Nelson Ruas, enviou mensagem à Câmara de Vereadores e aprovou o novo plano de carreira da educação, cortando uma série de direitos contidos no antigo plano, que vigorava desde 2002.

Por isso, na pauta de reivindicação aprovada na assembleia do dia 08, está a revogação desse plano aprovado ano passado, com o consequente retorno do plano unificado que vigorou por 20 anos, sendo considerado um dos melhores do estado do Rio, e que foi conquistado na greve da categoria, em 2002.

Os profissionais de SG também reivindicam:

– A chamada de todos os professores e funcionários concursados;

– Pagamento do abono para os funcionários;

– Cumprimento da lei 11.738 (pagamento do piso nacional e 1/3 da carga horária livre para planejamento e estudos);

– Eleição para diretores de escola.

Os pais e responsáveis também estão insatisfeitos, pois faltam professores e funcionários nas escolas, que estão funcionando em turno reduzido. Com isso, o ensino híbrido adotado está servindo para mascarar a falta de pessoal nas escolas.

Author


Avatar