destaque-home, Municipal, Todas

SEPE COBROU RESPOSTAS DA SME RJ SOBRE TRABALHO NAS FÉRIAS PARA PROFESSORES

O Sepe procurou a Secretaria Municipal de Educação RJ para questionar a exigência do trabalho durante o período das férias em janeiro para os novos profissionais que entraram na rede de ensino do município ao longo do ano de 2022. A exigência recai sobre todos aqueles que não fecharam o período aquisitivo (12 meses), que dá direito às férias remuneradas dentro de janeiro, mês do recesso nas escolas.

Segundo o assessor do gabinete do secretário, Wilman Costa, haverá uma semana de trabalho (de 9 a 13 de janeiro), organizada da seguinte forma: aqueles que escolheram por se inscrever para trabalhar nas escolas (colônia de férias remunerada), cumprirão sua jornada nas unidades escolares designadas para o programa. Os que não fizeram inscrição, terão que fazer um curso de formação, também de uma semana.

O que a SME ainda não definiu é o formato deste curso (online ou presencial). A resposta para esta questão será apresentada pela Secretaria somente no dia 27 de dezembro. O que Wilman Costa deixou assegurado é que a obrigatoriedade para quem não participar da colônia de férias se apresentar para trabalhar nas CREs está suspensa, já que ela será trocada pelo curso de formação que ainda está sendo articulado pela SME. Indagado sobre o tempo de duração das aulas diárias e o tema da formação, o assessor não soube responder.