Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

Nesta terça-feira (16), a comissão de diretores e militantes do Sepe entregou ao líder do governo na Assembleia Legislativa (Alerj), deputado Marcio Pacheco, o estudo de impacto de reajuste para professores e funcionários da rede estadual de educação (foto). O mesmo estudo foi entregue ao presidente da Alerj, André Ceciliano. 

Também foram entregues a todos os membros efetivos da Comissão de Educação – ao todo, o estudo foi entregue em 9 gabinetes,.

O estudo pode ser lido aqui.

No final de junho, o Sepe teve reunião com os deputados onde ficou acertada que o sindicato entregaria o estudo com as análises que mostram a enorme defasagem dos salários dos profissionais de educação em relação ao piso nacional do magistério e ao piso regional (salário mínimo regional do Rio) pago aos funcionários administrativos. No estudo, há também a comprovação de que o Fundeb não está sendo utilizado corretamente como manda a lei, já que os recursos do Fundo são reajustados anualmente, mas os salários da categoria estão congelados desde 2009.

Leia a matéria sobre o primeiro encontro com os deputados.

0