Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

Nessa quarta-feira (22), ocorreu a reunião das direções do Sepe Central, Regionais 5 e 6 e de professores do CIEP Ulysses Guimarães com o secretário estadual de Educação Pedro Fernandes – na foto, os diretores do Sepe presentes à reunião com o secretário Pedro Fernandes.

A pauta tratou da construção de salas de aula, com a previsão de 600 novos alunos matriculados, nos pátios em uso de 12 CIEPs para 2020.

Os diretores e profissionais ali presentes questionaram:

– A construção dessas salas em espaços de interação dos alunos e de desenvolvimento e culminâncias dos projetos pedagógicos previstos pelos PPPs das escolas.

– Os problemas na construção como a inexistência de rotas de fuga seguras no caso de algum acidente.

– A falta de diálogo com a comunidade escolar, sendo surpreendida inclusive com o anúncio e com o lançamento de novas matrículas, diante de um projeto que afetará diretamente o cotidiano de unidades repletas de alunos, sem professores e funcionários suficientes, tendo inevitavelmente a infraestrutura duramente montada atingida.

Por sua vez, o secretário Pedro Fernandes afirmou:

Ele precisa responder à demanda de vagas dos alunos; que prédios foram comprados; em 2019 várias obras não andaram e que o total de prédios existentes não supre a demanda por vagas.

O secretário também disse: o projeto das salas terá um tempo provisório de 6 meses até a construção de instalações definitivas; a comunidade escolar pode ser consultada sobre o projeto e o melhor local de construção dentro de cada unidade; as matrículas continuarão abertas; aa climatização já está sendo feita e todas as salas serão climatizadas; a falta de professores será solucionada através de GLPs, com cerca de 10 mil inscrições.

O secretário também se comprometeu a visitar o Ciep 321 Ulysses Guimarães para ouvir as propostas da Comunidade, provavelmente na 2ª ou 3ª feira da próxima semana.

Os diretores do Sepe também pleitearam a ocorrência de reuniões com as comunidades escolares dos demais Cieps envolvidos neste projeto. O agendamento destes encontros ficarão a cargo das regionais e o Sepe irá cobrar a divulgação de um calendário ainda está semana.

Aproveitando o encontro, as diretoras do Sindicato ali presentes solicitaram informações sobre temas que afligem a categoria e que permanecem sem respostas:

– Reajuste salarial: o secretário disse que ainda não definiu com o secretário de Fazenda uma proposta que contemple todos os profissionais da educação, aposentados e ativos.

– Pagamento dos enquadramentos e dos atrasados de aposentados e funcionários: ainda na Casa Civil, e que pautaria esse tema na reunião governamental de hoje (22).

– Disciplina de espanhol e outros idiomas: os centros de línguas não foram possíveis até o momento, e ainda estava analisando a situação problemática da grade. As diretoras reafirmaram a importância de uma audiência com ele sobre o tema.

Foram apresentadas questões relativas a outras escolas, ainda sem data agendada para um encontro com a Seeduc.

0