destaque-home, Todas

VERGONHA: GOVERNO BOLSONARO REPASSA MENOS DE R$ 1 PARA MERENDA DA PRÉ-ESCOLA

Na mesma semana em que um estudo da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan) mostrou que, hoje, 33,1 milhões de pessoas voltaram ao mapa da fome no Brasil e que mais da metade da população convive com algum tipo de insegurança alimentar, nova notícia publicada no portal da Folha de São Paulo desta quinta-feira (dia 9/6) mostra que o governo Bolsonaro repassa apenas menos de R$ 0,53 para a alimentação de cada aluno do pré-escolar.

Ainda de acordo com a matéria da Folha, para os alunos que estão no ensino fundamental e no médio, o valor é ainda mais baixo, R$ 0,36 por estudante. A verba per capita só ultrapassa R$ 1 para os horário escolares estendidos. Nas creches o valor é de R$ 1,07; no ensino integral, varia entre R$ 1,07 e R$ 2. Estes valores foram retirados do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), que beneficia 40milhões de matriculados em instituições públicas de ensino no Brasil.

A matéria lembra que, com o aumento da fome no país, cresce a cada dia o número de crianças e jovens que tem na merenda escolar a sua única refeição do dia. Com base nestes dados, uma rede de instituições enviou uma carta aos candidatos das próximas eleições com um apelo para que eles se comprometam com o reajuste do repasse para a alimentação escolar.

Num momento de grave crise econômica, com avanço da inflação e número alto de desemprego, tais dados comprovam o fracasso da política econômica do governo Bolsonaro que, ao longo de todo o seu mandato, se marca pelo desinvestimento em áreas fundamentais para o bem-estar social, como Educação, Saúde  e programas de combate à pobreza.

Veja matéria da Folha no link abaixo:
https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2022/06/governo-federal-ignora-inflacao-e-repassa-menos-de-r-1-para-alimentacao-de-aluno.shtml