Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira
A SEEDUC exonerou outro diretor de uma escola estadual. Desta vez, a exonerada foi a professora Carla Musa eleita pela comunidade escolar para a direção do CE Jornalista Maurício Azedo (Rua Carlos Seixas s/n – Caju),que foi retirada doi cargo sob a alegação de "problemas pedagógicos" na unidade. A exoneração da diretora foi realizada sem qualquer consulta à comunidade escolar, passando por cima dos principios da gestão democrática presentes no Plano Nacional da Educação e da lei estadual que implementou a eleição para diretores na rede estadual.
 
Este já é o quarto caso de exoneração de direções eleitas na rede estadual desde o início do ano. Com tal prática, que esperamos não ver transformada em rotina, a SEEDUC dá um péssimo exemplo para a população do Rio de Janeiro, ao desrespeitar uma lei estadual que implementou a gestão democrática nas escolas estaduais. Ao tirar uma direção eleita e colocar uma outra direção interventora em suas unidades, a Secretaria de Educação diz aos pais e alunos e aos profissoinais de educação que nelas trabalham que o governo do estado não tem qualquer apreço pelo direito legítimo das comunidades escolares elegerem os diretoras das escolas às quais pertencem. No dia 18 de junho, foi a vez da direção eleita do CE Olavo Bilac, que foi retirada do cargo sem qualquer explicação plausível e substituída por uma direção interventora. Na oportunidade, a comunidade escolar promoveu uma manifestação na porta da escola para exigir a volta da direção eleita.
0