Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira
No dia 10/01 a direção do Sepe Belford Roxo se reuniu com representantes da direção do Sepe Central, Departamento Jurídico do sindicato e membros da categoria para tratar dos casos de perseguição por parte da prefeitura a diretores do núcleo e profissionais de educação da rede municipal. 
 
No encontro, os advogados do Sepe apresentam sua posição contrária ao desrespeito do governo municipal para com o acordo judicial que ainda não foi cumprido, já que ainda não foi pago o 13º salário de 2016 e os meses de novembro e dezembro do mesmo ano a vários profissionais. 
 
Outros ponto citados foram a falta dos contracheques; o não pagamento das DJs/2016; o descumprimento do parcelamento dos aposentados; os descontos indevidos; o não pagamento das férias aos funcionários da educação; o corte de salários de alguns profissionais da educação; da perseguição à categoria  e à  direção do Núcleo (Professora Zezé e Professor Afrânio), pelo Governo; do corte do repasse ao Núcleo, entre outros.
 
A Direção do Sepe Central, se colocou à  disposição do núcleo e em defesa dos professores  Zezé e  Afrânio, deixando bem claro que não se trata de uma pura perseguição pessoal e sim um ataque a todos  profissionais da educação, personificada através da figura dos Diretores do Sepe Belford Roxo. Essa perseguição no fundo, objetiva atacar o sindicato para enfraquecer a luta dos profissionais da educação.
 
Foi decidido na reunião que há necessidade de uma reunião de representantes das escolas para nos organizarmos pela continuidade de nossa luta – CAMPANHA SALARIAL. Depois do encontro, uma comissão composta pela direção local do Sepe Belford Roxo,  Sepe Central e os advogados do Departamento Jurídico estiveram na Secretaria de Administração e Semed, buscando explicações pela falta de pagamento dos dirigentes sindicais do Sepe B.Roxo caracterizando perseguição politica.  A  profa. Zezé e o Prof. Afrânio se encontram  sem pagamento desde outubro até  a presente data,  e demais servidores não receberam: nov, dez, décimo terceiro/2017 e férias. Protocolamos ofícios para uma audiência. Foi marcada uma reunião para o dia 15 de janeiro na SEMAD e foi solicitado que a SEMED esteja presente nesta audiência.
 
Aos servidores que não receberam nov, dez e décimo de 2017 e as férias de 2016 o Sepe solicita que enviem nome, matrícula e os meses que não  receberam, pois iremos apresentar na audiência e buscar explicações para o  não pagamento. 
 
Calendário de Luta:
 
 – 15/01/2018 reunião com o Secretário de Administração, SEMED, direção do Sepe Belford Roxo junto com o Departamento Jurídico do sindicato, às 15h, na Secretaria de Administração municipal. 
 
 – 30/01, às 10h, reunião de Representantes de Escola, no Sepe Belford Roxo. 
 
 – Assembleia Geral da Educação, no dia 06/02/2018 as 10h. Local a confirmar.
0