Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

FONTE: SEPE MESQUITA:

A direção do SEPE Núcleo Mesquita vem a público repudiar a decisão arbitrária, ilegal e desumana da Prefeitura de Mesquita de exonerar o servidor e diretor do sindicato Marcos Cesar em meio a pandemia de Covid-19.

Tendo em vista a forma ativa e cidadã em que nosso companheiro se coloca nas suas atividades diárias, em seu local de trabalho, em nossas relações sindicais e nos conselhos municipais, podemos observar claramente ser uma perseguição politica.

O processo administrativo para exoneração foi aberto após baixa avaliação no estágio probatório, feita no período que o servidor estava afastado de suas funções originais para tratamento de saúde, sendo vetada pela legislação do próprio município avaliação neste período.

Como agravante, consolidando a arbitrariedade com a qual prefeitura tratou o processo, de forma unilateral, não houve audiência, as testemunhas citadas no processo não foram ouvidas, os documentos solicitados nao foram apresentados, não respeitando o amplo direito a defesa previsto ao servidor.

Do mesmo modo não levando em consideração o momento que estamos vivendo, em que o mundo enfrenta uma pandemia mortal, impossibilitando que o companheiro tenha todas as formas cabíveis de recorrer a tamanha crueldade.

Repudiamos a falta de lisura com a qual a Prefeitura Municipal de Mesquita conduziu esse processo.

Deixamos também total apoio ao companheiro, em tempos obscuros de clara perseguição a educação e aos servidores públicos.

Estaremos incansavelmente ao lado do companheiro dando lhe total apoio.

Mexeu com um, mexeu com todas e todos!

Direção Colegiada SEPE Mesquita


 

0