Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

Os vereadores do Rio de Janeiro derrubaram o veto do prefeito e aprovaram o ontem o projeto que institui o chamado botão de pânico e a instalação de sirenes nas escolas da rede municipal. Com a implantação do sistema, as escolas passam a ter uma linha direta com os órgãos de segurança pública para casos de emergência. O projeto, que já havia sido aprovado em duas votações, foi vetado por Crivella anteriormente mas, ontem, o veto foi derrubado pelos vereadores e a medida passa a valer sob a forma de lei.

Para o Sepe o projeto aprovado agora não resolve o problema da violência nas escolas e os vereadores e a prefeitura fariam muito mais pela segurança dos profissionais, alunos e demais membros da comunidade escolar se investissem na complementação dos quadros funcionais para suprir a crônica carência de professores e funcionários, além de criar melhores condições de trabalho e de infraestrutura nas unidades da rede municipal.

O sindicato também lembra que, além do dinheiro público que será gasto com a implantação do sistema, o botão de pânico e as sirenes também vão colocar em risco a vida dos profissionais, já que eles ficarão expostos à violência futura dos criminosos que atuam nas mesmas áreas em que muitas escolas estão localizadas. Veja matéria do Jornal O Dia com a posição do Sepe sobre o assunto pelo link abaixo:

https://tinyurl.com/yk4ompvn

0