Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe no fone: (21) 9999-24931 (manhã); ou pelo email: juridico@seperj.org.br

Na quarta-feira (dia 24/4), os profissionais de educação das redes estadual e de diversas redes municipais pararam as atividades por 24 horas para participar das atividades do dia de protesto contra a reforma da Previdência. Além de concentrações nos municípios e em pontos da capital, a categoria se reuniu numa assembleia unificada na Praça XV, no final da tarde, para discutir a luta contra o projeto do governo Bolsonaro de destruir a previdência dos trabalhadores do Brasil, que inclui a mobilização para a construção de uma greve geral nacional da Educação no dia 15/5.

Depois da plenária, que reuniu mais de mil profissionais de educação, a categoria saiu em passeata até a Cinelândia, dando uma prova de que a educação está mobilizada e firme na luta contra a mudança do sistema previdenciário que penaliza os trabalhadores e a população em geral que serão obrigados a pagar a conta da má gestão dos governos federal, estaduais e municipais. 

 

(fotos face Regional I)

0