Agende seu atendimento pelo Departamento Jurídico do Sepe no fone: (21) 2195-0457 (10h às 16h).
A rede municipal de Niterói entrou em greve a partir desta terça-feira (dia 15/5). Veja o calendário de greve para esta semana. A próxima assembleia da categoria será realizada na sexta-feira (dia 18/5), às 8h, em local a confirmar.
Calendário de Luta
 
15/05 (terça-feira)
8h, reunião aberta de comando de greve. 
9h, corrida de escolas.
 
16/05 (quarta-feira)
8h, manifestação na FME. 
17h, manifestação na Faculdade de Educação da UFF.
 
17/05 (quinta-feira)
8h, assembleia geral e manifestação de rua.
 
0

A rede municipal de Niterói entrou em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira, dia 15 de maio. A categoria vem fazendo diferentes tipos de manifestações e várias tentativas de negociações desde 2014, sem avanços significativos no atendimento das reivindicações por parte do Governo municipal. O prefeito Rodrigo Neves não recebe a categoria desde 2013.
 
Por estes motivos, os profissionais decidiram entrar em greve e exigem abertura de negociação com a prefeitura já. Veja as reivindicações da categoria: 
 
1) Pagamento dos direitos do Plano de Carreira!
 
2) Atendimento da pauta salarial
 
– Reposição das perdas salariais (9,39%)
 
– Incorporação integral dos Adicionais Transitórios já!
 
– Enquadramento por titulação no estágio probatório
 
3) Criação de cargos e convocação de concursados para suprir a carência de Profissionais!
 
4) 30h para todos os Funcionários
 
– Mudança Merendeiras-Cozinheiras já!
 
5) Salários iguais e direitos iguais para Contratados, Duplas e RET's!
 
6) Negociações reais da pauta completa da Educação de Niterói
 
Calendário de greve:
 
15/05, 7h, reunião aberta de comando de greve. 8h, corrida de escolas.
 
16/05, 8h, manifestação na FME. 17h, manifestação na Faculdade de Educação da UFF.
 
17/05, 8h, assembleia geral e manifestação de rua.
 
Acompanhe a luta dos profissionais de Niterói pelo facebook:
0

Os profissionais da rede municipal de Duque de Caxias acabam de decidir em assembleia geral que está sendo realizada no Centro do município entrar em greve. A categoria, que estava fazendo uma greve de 72 horas, se reuniu hoje e, por conta da não apresentação de respostas da prefeitura para as reivindicações dos professores e funcionários, decidiu manter a paralisação, agora por tempo indeterminado. A próxima assembleia da categoria será realizada na próxima sexta-feira, dia 18 de maio. Em breve, mais informações.

0