Agende seu atendimento pelo Departamento Jurídico do Sepe no fone: (21) 2195-0457 (10h às 16h).

A direção do Sepe informa que está acompanhando de perto o caso ocorrido nesta sexta-feira (06) em que estudantes da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, no Jardim Guanabara, Ilha do Governador, foram feridos em um ataque a faca, supostamente perpetrado por outro aluno, que também se feriu.

Diretores da Regional 7 do Sepe acompanham o incidente desde o começo, juntamente com a direção do Sepe Central, prestando total apoio aos profissionais da escola.

Felizmente, não houve vítimas fatais e todas as crianças foram devidamente atendidas em um hospital, com ferimentos leves.

Reafirmamos que o sindicato irá acompanhar o caso, prestando total apoio aos profissionais que trabalham na escola, em meio a esse episódio extremamente traumático para todos.

Pudemos comprovar, junto aos depoimentos dos profissionais, pais e responsáveis que a rápida ação de professores e funcionários evitou uma tragédia maior.

No entanto, não podemos deixar de denunciar a já, infelizmente, crônica má estrutura, baixos salários e falta de concurso públicos que afligem a rede municipal de educação RJ. Essa situação tem como como consequência uma enorme carência de funcionários especializados na segurança do dia a dia das unidades escolares, tais como Agentes de portaria e Inspetores de Alunos; além de uma equipe multidisciplinar, em que atuem psicólogos e assistentes sociais.

Mesmo assim, o episódio, como tantos outros não contados na mídia, mostra o carinho e atenção extrema dos profissionais da educação para com os seus educandos.

O Sepe, com isso, mobiliza a categoria para lutar por uma educação pública de qualidade, com o apoio de toda a sociedade.

DIREÇÃO DO SEPE RJ

0