Recepção: (21) 2195-0450. Whatsapp: (55) 2197069-2600. Agende seu atendimento pelo Departamento Jurídico: (21) 2195-0457 (10h às 16h).
Desde o dia 5/9, os profissionais de educação de São Gonçalo estão em greve em defesa dos pisos salariais da categoria e do Plano de Cargos e Salários. A greve enfrenta a política de arrocho salarial e precarização das condições de trabalho imposta pelo governo Nelson Ruas (PL/Avante). Com a mobilização, a categoria já garantiu uma recomposição salarial de 21,79%, que se estendeu a todo funcionalismo público municipal. Agora, a categoria segue em greve para reconquistar uma série de direitos retirados do PCCS. O Conselho Deliberativo e a assembleia geral da rede estadual do RJ afirmam total apoio e solidariedade à greve.
0

Neste ano, a mobilização dos trabalhadores da Enfermagem conquistou a histórica pauta do piso nacional salarial da categoria. No entanto, o Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo à pressão das grandes empresas de saúde privada, suspendeu a lei que garantiu essa conquista. Diante disso em diversos estados e municípios os profissionais da Enfermagem estão se mobilizando para reverter essa decisão e garantir essa conquista. Os profissionais da educação da Rede estadual do RJ, saudamos e nos solidarizamos com a luta das trabalhadoras e trabalhadores da enfermagem.
0