Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira
Ontem, dia 2 de janeiro, a SEEDUC publicou um edital de convocação de professores concursados no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro (das páginas 23 a 26), contendo uma lista com mais de 300 profissionais chamados para trabalhar nas mais diversas Metropolitanas da rede estadual. A convocação é uma vitória da categoria e do Sepe, que sempre lutaram para garantir a nomeação de profissionais por meio de concurso público. 
O problema é que a chamada realizada agora já havia sido realizada há dois anos, quando os profissionais se apresentaram com os exames médicos requisitados pela Perícia Médica do Estado, mas não foram efetivados. O Ministério Público, preocupado com a carência de professores nas escolas estaduais entrou no circuito e a convocação voltou a ser realizada agora.
Mas a exigência da SEEDUC para que estes profissionais tenham que apresentar novamente toda a bateria de exames exigidos pela Perícia Médica – e que já haviam sido apresentados na chamada realizada há dois anos – está preocupando e revoltando os convocados. Além do tempo para a realização dos mesmos ser exíguo (eles tem que se apresentar já na próxima segunda-feira, dia 8 de janeiro), há também o problema do custo destes exames. Ou seja, os profissionais teriam que arcar novamente com os custos destes exames.
Ciente do problema, o Sepe entrou em contato com a SEEDUC para obter mais esclarecimentos, mas a Secretaria afirmou no edital que os exames têm que ter prazo de validade máximo de 60 dias. O sindicato recomenda que os profissionais se aprsentem na segunda-feira atendendo à convocação da SEEDUC e que qualquer problema com relação aos exames ou  outros o Departamento Jurídico do Sepe deve ser procurado.  
0

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos Municipais (MUDSPM) terá uma audiência com o prefeito Marcelo Crivella, nesta quinta-feira (dia 4 de janeiro), às 8h. A direçãodo Sepe estará presente ao encontro, a primeira audiência concedida pelo prefeito desde a sua posse em janeiro de 2017. Na pauta do encontro foram incluídos os seguintes temas: mudança no calendário de pagamentos, não concessão de reajuste salarial em 2017; plano de saúde dos servidores, entre outras. A direção do Sepe aproveitará o encontro para solicitar uma audiência específica da Educação com o prefeito.

0

No telejornal Bom dia Rio desta quarta-feira (dia 3), uma reportagem anunciou a criação da 40ª secretaria municipal em Belford Roxo pelo prefeito Waguinho, enquanto o município passa por grave crise financeira que deixa os serviços precários no município. Na matéria, foram ouvidos os diretores do Sepe, Maria José e Afrânio, que estão sofrendo perseguição política da parte do governo municipal e se encontram com diversos salários atrasados, inclusive o 13º de 2016. Veja a matéria pelo link do G1 abaixo:

https://globoplay.globo.com/v/6395465/

0

A prefeitura do Rio tem promovido anualmente o recadastramento de aposentadas e pensionistas. O recadastramento é importante, pois aqueles que não cumprem o prazo e não se recadastram correm o risco de ficarem sem os seus salários. Todos os anos, o Sepe recebe queixas de aposentados e pensionistas que ficaram sem receber seus proventos por causa da falta do recadastramento.
Hoje, o Diário Oficial do Município do Rio publicou um calendário e divulgou os procedimentos necessários para se recadastrar. acesse as páginas do DO municipipal pelos links abaixo e veja como fazer para ficar em dia com o cadastro do Funprevi. Os prazos começam em janeiro (para quem tem final de matrícula 1) e seguem até outubro (para quem possui final de matrícula zero)
 
 
 
0