Recepção: (21) 2195-0450. Whatsapp: (55) 2197069-2600. Agende seu atendimento pelo Departamento Jurídico: (21) 2195-0457 (10h às 16h).

Os profissionais da rede municipal de Niterói decidiram pela suspensão da greve da categoria em assembleia geral realizada no dia 14/9. A greve foi  iniciada no dia 31 de agosto. Veja um balanço do Sepe Niterói sobre a greve e os desdobramentos da luta.

 

Terminamos a greve de cabeça erguida, valorizamos as conquistas que foram possíveis, e de forma alguma terminamos a luta, pelo contrário: a luta continua, de diversas formas! Neste sentido, informamos à categoria:

1) O Ministério Público (MP) da Educação, atendendo à reivindicação nossa, convocou Audiência de mediação com categoria / SEPE-Niterói e Governo nesta próxima sexta-feira, 16/09, à tarde, na sede do MP em Niterói.

2) Na Audiência com o Governo, mediada pelo MP, defenderemos a consolidação das propostas já apresentadas pelo Governo às nossas pautas e, principalmente, avanços sobre as pautas que o Governo, até aqui, não apresentou avanços, destacamos: a efetivação da mudança de nomenclatura de Merendeir@s para Cozinheir@s Escolares, a reposição das perdas salariais inflacionárias e o não-desconto salarial prévio dos dias de greve (ainda que a devolução dos descontos, mediante reposição dos dias parados, esteja garantida para toda a categoria).

3) Convocamos Ato/Vigília sobre a Audiência com o Governo, mediada pelo MP, nesta sexta-feira, 15h, em frente ao MP em Niterói, sem paralisação / greve de 24h. Para garantir o Ato/Vigília adotaremos a seguinte metodologia: colegas que não trabalham à tarde, chegar junto; colegas que puderem tirar falta abonada (lei 809), fazê-lo; e, principalmente, as Escolas e UMEI’s se organizarem e liberarem colegas para participação, sem prejuízo das aulas.

4) Seguiremos em luta, com diversas iniciativas aprovadas na Assembleia: publicação de Carta à População respondendo/denunciando as mentiras do Governo, novos atos, campanha política denunciando o autoritarismo e mazelas do Governo Axel Grael etc. Em breve publicaremos informativo detalhado.

5) Também em breve, publicaremos Informativo/Boletim do Sepe Niterói, completo, com balanço da greve, detalhes do que conseguimos, do que não conseguimos (ainda) etc.

Assim, orientamos a categoria em greve ao retorno ao trabalho a partir desta quinta-feira, 15/09.

0

Nesta sexta-feira, dia 16 de setembro, a direção do Sepe esteve mais uma vez presente na SEEDUC (foto) na tentativa de marcar uma audiência com o órgão para tratar da pauta de reivindicações da rede estadual. Infelizmente ainda não foi desta vez que conseguimos. Mas a subintendente de Gestão Pedagógica, Ana Valéria,  que foi interceptada pelos diretores do sindicato no corredor, se comprometeu  a reforçar o nosso pedido de audiência junto ao secretário de Educação.

0

Os profissionais da rede municipal de São Gonçalo, em greve desde o dia 05 de setembro, obtiveram mais uma vitória contra a prefeitura ontem (dia 15 de setembro). O Tribunal de Justiça (TJRJ) negou uma petição do governo municipal, pedindo a reconsideração da decisão da semana passada do presidente do tribunal, que recusou a liminar do município que pedia a suspensão da greve.

 

O presidente do Tribunal, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira indeferiu o novo pedido e manteve a decisão da audiência de conciliação realizada no dia 06 de setembro no TJRJ, que não aceitou a liminar que pedia a interrupção da greve da categoria.

 

Para justificar a recusa do pedido da prefeitura no dia 15/9, o desembargador afirmou que, por não haver qualquer fato novo sobre a questão, inexiste qualquer outra razão para acatar a demanda do município, e que a questão deve ser remetida para distribuição normal para apreciação posterior do mérito. Desse modo, a categoria obteve mais uma vitória contra o prefeito Nelson Ruas na Justiça. 

Em outro passo importante para os rumos da nossa greve, o Ministério Público (MP) convocou o prefeito para uma audiência na próxima terça-feira (dia 27 de setembro), com participação do Sepe/São Gonçalo.

 

O Sepe está convocando os profissionais para uma vigília na porta do MP, a partir das 10h, para acompanhar a audiência entre o órgão, o prefeito e a direção do sindicato.

 

ASSEMBLEIA GERAL NO DIA 15/9 DECIDIU PELA CONTINUAÇÃO DA GREVE NA REDE MUNICIPAL

 

Em assembleia realizada no CM Castello Branco, no dia 15 de setembro, os profissionais da rede municipal de São Gonçalo deliberaram pela continuidade da greve por tempo indeterminado, iniciada no dia 05 de setembro. Veja o que foi decidido na plenária:

 

Deliberações da assembleia da Rede Municipal de SG no C.M.P. Castello Branco.

Continuação da greve

EJA redução de carga-horária.

Segunda e terça-feira (dias 19 e 20/9): corrida às escolas (comando de mobilização).

Quarta-feira 21/09: plantão no Sepe para confeccionar material para o Ato.

Quinta-feira: 9:00 da manhã concentração em frente aos Correios.

Próxima assembleia sexta-feira 23/09 às 14h (caso seja ponto facultativo será na segunda-feira dia 26/09 às 14h).

0

No país inteiro, fóruns, entidades do movimento civil e profissionais da educação se encontram mobilizados na luta em defesa da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para tanto, nos dias 19 e 20 de setembro, está prevista a realização de atividades no Brasil inteiro, em cada escola onde exista EJA, com objetivo de denunciar e tematizar os problemas enfrentados por esta modalidade de ensino.

 

Esta iniciativa nasceu no XVII Encontro Nacional de Educação de Jovens e Adultos (ENEJA), realizado em Florianópolis e foi proposta a partir da convocação de todos os fóruns regionais, estaduais e municipais de EJA para que se mobilizem, organizando as atividades em defesa do ensino de jovens e adultos.

 

Para fortalecer o movimento de resistência contra os ataques, a recomendação é que nestes dias de luta pelo EJA (19 e 20/9), cada professor(a) das demais modalidades de ensino também parem sua aulas por alguns minutos e discutam com os alunos como pensam que deveria ser a EJA na escola ou no município, de modo a difundir a luta e possibilitar a formulação de novas  construções pedagógicas e, até mesmo, de proposições de políticas públicas.

 

Veja pelo link abaixo, os documentos que podem ser baixados e auxiliar quem quiser desenvolver atividades em torno dessa mobilização: https://drive.google.com/drive/folders/1dhq6ZYxTWRiKVtAsVgqDbmLB-kDOaZuT?usp=sharing


Para saber mais sobre a luta em defesa da EJA, acesse o site EJA em Movimento/RN pelo link abaixo:

http://ejaemmovimento.blogspot.com/2022/09/19-e-20-de-setembro-um-chamado-nacional.html

 

0

A Secretaria de Funcionários do Sepe está convocando a os funcionários da rede estadual para o ato “Bolsonaro e Cláudio Castro Nunca Mais!”, que será realizado no dia 24 de setembro, a partir das 10h, com concentração nos Arcos da Lapa, Centro do Rio. A atividade foi organizada pela Secretaria de Funcionários e visa denunciar para a população os problemas na educação causados pelo descaso dos governos Bolsonaro e Castro. Os demais segmentos dos profissionais de educação também estão sendo chamados para o ato.

0